Gengivas saudáveis são uma necessidade

Um novo estudo descobriu que gengivas pouco saudáveis ​​apresentam um maior risco de desenvolvimento de cancro em mulheres mais velhas. O estudo, que analisou 65 mil mulheres pós-menopausa, descobriu que um histórico de gengivas pouco saudáveis ​​aumenta a probabilidade de desenvolvimento de cancro em 14%.

A “Oral Health Foundation” está a encorajar as mulheres a prestar atenção à sua saúde oral para reduzir a sua probabilidade de desenvolver cancro. “Estamos a encorajar as mulheres pós-menopausa a estar atentas aos primeiros sinais de doença das gengivas; que incluem gengivas inflamadas vermelhas, sangram ao escovar os dentes e mau hálito persistente, e garantir que visitam o seu dentista o mais rápido possível no sentido de serem verificados estes sintomas e evitar quaisquer outros problemas “, disse Dr. Nigel Carter OBE, CEO da “Oral Health Foundation”.

“Embora a doença das gengivas possa ser tratada de forma muito eficaz, a melhor abordagem é certamente a prevenção e a certeza de que não nos expomos a ela de forma nenhuma. “Saudamos mais pesquisas sobre este tema, uma vez que uma maior compreensão pode representar uma mudança na forma de ajudar as mulheres a evitar muitos tipos de cancro”.

Vulnerável

Daqueles que desenvolveram cancro, o cancro da mama foi o mais prevalente, houve também uma maior probabilidade de desenvolver cancro do pulmão, do esófago, da vesícula biliar e cancro de pele. As descobertas, publicadas na Epidemiologia do Cancro, Biomarcadores e Prevenção, foram feitas independentemente dos hábitos de tabagismo e mostraram que a doença das gengivas poderá deixar outras partes do corpo vulneráveis.

“A queda dos níveis de estrogénio durante a menopausa pode causar inúmeros problemas de saúde, como perda de densidade óssea, levando à osteoporose”, disse Karen Coates, Educadora e Conselheira de Saúde Oral da “Oral Health Foundation”.

“Ao mesmo tempo, as mudanças na saúde oral também são comuns à medida que os dentes e as gengivas se tornam mais suscetíveis à doença, resultando em maior risco de inflamação, sangramento, dor e, por fim, em dentes soltos ou falha de dentes”. “Manter uma boa higiene oral ao longo das nossas vidas é a melhor forma de prevenir o desenvolvimento de muitos problemas de saúde oral”.

Leave a reply